Menu Lateral
Redes Sociais
Contatos
Email

paulojornalista@uol.com.br

O candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, precisa crescer mais de doze pontos percentuais entre eleitores fora da região Nordeste para obter vitória contra Jair Bolsonaro (PSL) no 2º turno da eleição deste ano. A informação tem base em análise do O POVO Dados sobre pesquisa divulgada pelo Ibope na última segunda-feira. No levantamento, o único disponibilizado pelo instituto para o 2º turno até agora, o candidato do PSL tem 59% das intenções.

Segundo pesquisa Crusoé/Paraná, divulgada nesta tarde, Jair Bolsonaro (PSL) tem 60,9% dos votos válidos, contra 39,1% de Fernando Haddad (PT). A margem de erro é de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo.Ainda de acordo com o levantamento, 9,4% dos eleitores dizem não votar em nenhum dos dois, enquanto 3,8% afirmam estar indecisos..

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) já está em Brasília, onde cumprirá a pena de quatro anos e seis meses em regime semiaberto, após ter sido condenado por desvio de recursos de um financiamento obtido jno Banco da Amazônia, entre os anos de 2003 e 2004, quando era diretor da empresa de ônibus Viação Eucatur.O desembarque do avião da Polícia Federal ocorreu pouco depois das 13h, no Aeroporto Internacional Juscelino kubitschek. De lá, o senador foi levado ao Instituto Médico-Legal, para fazer exame d.

Após Felipe Melo, jogador do Palmeiras,declarar em rede nacional que apoiava o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro, outros atletas de variadas modalidades esportivas também se declararam eleitores e apoiadores do candidato do PSL.Ex.

O candidato Jair Bolsonaro se encontra com o arcebispo do Rio, Dom Orani Tempesta, nesta manhã,na sede da Arquidiocese, no bairro da Glória.Bolsonaro quer conquistar votos do eleitorado católico fluminense.Dados do primeiro turnoEntre os eleitores de todas as religiões e agnósticos, Bolsonaro tinha no primeiro turno, 49% das intenções de voto contra 36% a favor do adversário. Quando se trata dos católicos, a margem era mais estreita: 46% contra 40% do petista.   Evangélicos (31%) e cat.

Por 6 votos a 1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu validar na noite desta terça-feira, 16, a candidatura de João Alberto Capiberibe (PSB-AP) ao governo do Amapá e confirmar sua ida ao segundo turno das eleições, desde que troque o vice na chapa.No primeiro turno das eleições, Capiberibe recebeu 119.500 votos (30,10% dos válidos), atrás de Waldez Góes (PDT), que obteve 33,55%. Os dois disputarão agora o segundo turno.A controvérsia gira em torno da coligação que PT e PSB formam no Amapá.

Com dificuldades para conseguir ampliar a rede de apoios a Fernando Haddad nas eleições 2018 para além da centro-esquerda, o PT vai tentar expandir sua campanha para setores da sociedade civil. Nos próximos dias Haddad vai se encontrar e receber apoio de pastores evangélicos, juristas, reitores, cientistas e artistas.Em outra frente, o PT montou uma força-tarefa para buscar votos na periferia de São Paulo em bairros que já votaram no partido, mas que no primeiro turno escolheram Jair Bolsonaro (.

A Polícia Federal concluiu o inquérito do caso conhecido como “decreto dos portos” e pediu o indiciamento do presidente Michel Temer (MDB) por organização criminosa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O relatório, entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta terça-feira (16), indicia ainda outras dez pessoas, incluindo Maristela Temer (filha do presidente), o coronel reformado da Polícia Militar João Baptista Lima Filho (o coronel Lima) e o ex-assessor do .

O candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que não colocará militares em seu possível governo apenas por causa de patentes. Em entrevista ao SBT nesta terça-feira (16), o presidenciável disse não entender o que chamou de “preconceito contra militares” e acusou os governos anteriores de serem “terroristas”.“Não sei por que o preconceito com os militares. Os governos anteriores tinham terroristas, pessoas da pior estirpe, e nunca questionamos”, disse. “Os militares não est.

O jornalista Carlos Nascimento entrevistou, com exclusividade,agora à noite no SBT, o candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), direto do Rio de Janeiro.Em conversa exibida ao vivo, Bolsonaro falou sobre a composição de seu eventual ministério, caso eleito. "Pretendemos ter um ministério bastante enxuto, com aproximadamente 15 nomes, e definimos três até o momento: Paulo Guedes, para a Economia, Onyx Lorenzoni, Casa Civil, e general Heleno da Defes.



...................... Notícias Anteriores