Menu Lateral
Redes Sociais
Contatos
Email

paulojornalista@uol.com.br

O prefeito Romero Rodrigues literalmente vestiu, nesta quarta-feira, 17, a camisa da Campanha Compre em Campina, uma iniciativa de um grupo de 100 empresárias locais no sentido de incentivar o aquecimento nos setores de vendas do comércio e de prestação de serviços.- Mais que uma ação articulada de um conjunto de mulheres empreendedoras, o "Compre em Campina" é uma manifesta declaração de compromisso de legítimas representantes do setor produtivo de amor à cidade - destacou o prefeito.Para Romer.

Imposto de renda é com a ASCONF / 3341-3727O governador da Paraíba,João Azevêdo, lançou, ontem, no Centro de Formação de Educadores, em João Pessoa, o concurso público que oferecerá mil vagas para o magistério e anunciou que o edital deverá ser publicado nos próximos dias no Diário Oficial do Estado. Na ocasião, ele foi presenteado com o livro ‘Articulação Curricular e Projetos Empreendedores: uma prática inovadora na rede pública estadual da Paraíba’, publicado por professores da rede técnica d.








.

Líderes do governo e do Centrão fecharam um acordo para adiar para a próxima terça-feira (23) a votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara. A negociação foi fechada em reunião entre o relator da proposta na comissão, Marcelo Freitas (PSL-MG), o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), e integrantes do Centrão.Freitas pediu mais tempo para elaborar um parecer com alterações na proposta, de acordo com o líder da maioria na Casa, Aguinaldo Ribeir.

O ex-presidente do Peru Alan García morreu hoje (17) durante cirurgia, depois de dar um tiro na cabeça ao receber ordem de prisão em sua casa, no bairro Miraflores, em Lima. Ele era acusado de corrupção em caso envolvendo a empresa brasileira Odebrecht. García foi levado com urgência ao Hospital Casimiro Ulloa, na capital peruana, mas não resistiu.De acordo com informações médicas, o ex-presidente, 69 anos, teve três paradas cardíacas e foi reanimado. Ele deu entrada no hospital às 6h45, com per.

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou o uso da Força Nacional para “preservar a ordem pública” na Esplanada do Ministérios e na Praça dos Três Poderes, em Brasília. A autorização foi publicada no Diário Oficial da União (ONU) desta quarta-feira (17) e valerá por 33 dias, a contar a partir de hoje.O pedido foi feito pelo Gabinete de Segurança Institucional (GSI). Em nota, o órgão informou que a solicitação foi encaminhada por causa da previsão de manifestações na Esplanada dos Min.

Em pronunciamento na Tribuna do Senado Federal, o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) criticou a forma de reajuste do salário mínimo apresentada pelo governo Bolsonaro e destacou as grandes conquistas do trabalhador, fruto de lutas históricas e embates políticos. Ele classificou a medida do governo como um “retrocesso”.- O mais importante é que aquilo que foi conquistado com grandes dificuldades, depois de lutas incessantes para uma política efetiva e legalmente prevista de valorização do s.

O vereador Alexandre Pereira (PHS) apresentou mais um projeto de lei na Câmara Municipal de Campina Grande voltado para a relação entre o consumidor e os postos de combustíveis. Desta vez, o PL obriga estes estabelecimentos a realizar a entrega da nota ou cupom fiscal independente de que o cliente o solicite, como acontece, por exemplo, nos supermercados.De acordo com Alexandre, muitos consumidores não pedem a nota fiscal, mesmo sendo seu direito e dever dos postos, por hábito ou porque estão ap.

O inquérito data de 2011 e apura contratos ligados à francesa Alstom e à gigante alemã SiemensO ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) depôs nesta terça-feira (16), por cerca de duas horas na Polícia Federal em São Paulo no inquérito que investiga suposto cartel internacional de trens envolvendo multinacionais. O tucano depôs na condição de testemunha.O inquérito data de 2011 e apura contratos ligados à francesa Alstom e à gigante alemã Siemens, que em 2013 fechou acordo de leniência com o Conselh.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) afirmou nesta terça-feira (16) que ele e outros senadores vão pedir o impeachment do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e do ministro Alexandre de Moraes. “O nível de esgarçamento, principalmente com a manifestação recente agora, não deixa outra alternativa a não ser interpor mais um pedido de impeachment em relação aos ministros”, disse o parlamentar em entrevista ao Os Pingos nos Is.Para Randolfe, a gota d’água foi a rejeição de A.



...................... Notícias Anteriores